No Dia Mundial do Petróleo; Petrobras comemora nova descoberta no pré-sal

Área está no bloco exploratório BM-S-8, concessão operada pela estatal em parceria com a portuguesa Petrogal e as brasileiras Barra Energia e Queiroz Galvão

Divulgação/Internet

A Petrobras comunicou nesta segunda-feira (28) nova descoberta de petróleo no pré-sal da Bacia de Santos. A descoberta foi feita no terceiro poço de uma área batizada de Carcará.
 A área está no bloco exploratório BM-S-8, concessão operada pela estatal em parceria com a portuguesa Petrogal e as brasileiras Barra Energia e Queiroz Galvão.
 Segundo comunicado da Petrobras, os resultados do terceiro poço indicam que trata-se da mesma jazida encontrada nos outros dois poços.
 De acordo com o presidente da Barra Energia, João Carlos de Luca, “os resultados significativos obtidos neste poço confirmam as melhores expectativas que temos para esta descoberta Carcará”. “É uma das mais significativas da província do pré-sal até agora”, afirmou, em nota oficial.
 A área de Carcará está localizada a 220 quilômetros do continente, em frente à cidade de Ilhabela. O prazo para que a Petrobras e seus sócios concluam as atividades de exploração na área vence em 2018.  A Petrobras comunicou nesta segunda-feira (28) nova descoberta de petróleo no pré-sal da Bacia de Santos. A descoberta foi feita no terceiro poço de uma área batizada de Carcará.
 A área está no bloco exploratório BM-S-8, concessão operada pela estatal em parceria com a portuguesa Petrogal e as brasileiras Barra Energia e Queiroz Galvão.
 Segundo comunicado da Petrobras, os resultados do terceiro poço indicam que trata-se da mesma jazida encontrada nos outros dois poços.
 De acordo com o presidente da Barra Energia, João Carlos de Luca, “os resultados significativos obtidos neste poço confirmam as melhores expectativas que temos para esta descoberta Carcará”. “É uma das mais significativas da província do pré-sal até agora”, afirmou, em nota oficial.
 A área de Carcará está localizada a 220 quilômetros do continente, em frente à cidade de Ilhabela. O prazo para que a Petrobras e seus sócios concluam as atividades de exploração na área vence em 2018.